Browse results

Author: Nicolas Quirion

Résumé

Par l’observation d’une création théâtrale, Hoje não saio daqui, le présent travail cherche à examiner les relations entre habitants brésiliens des favelas et immigrés angolais au sein du quartier de Maré, à Rio de Janeiro. Certaines questions soulevées par le spectacle sont complétées par des données ethnographiques collectées sur le terrain, afin de proposer une réflexion ayant trait aux relations entre l’Angola et le Brésil, deux pays de langue portugaise liés par l’Atlantique Sud.

In: Lusotopie
Author: Andréa Lobo

Resumo

O objetivo do artigo é refletir sobre dois aspectos centrais para a compreensão do valor da mobilidade na sociedade cabo-verdiana, os processos de produção de familiaridade e suas relações com os valores da casa e do viver junto. Tendo em vista que tratamos de um contexto em que os deslocamentos são estruturantes e que estamos diante de famílias engajadas em circulações em diversos níveis, meu interesse é analisar tais universos a partir de dois eixos: as trajetórias de mobilidade e a construção de proximidade nesse universo marcado por uma importante circulação de pessoas, coisas, valores e dinheiro. Os dados analisados são resultado de mais de 15 anos de pesquisa no arquipélago, em duas ilhas em particular, a Ilha da Boa Vista e a Ilha de Santiago, e tendo como ponto de partida os universos familiares daquelas que denomino de “famílias espalhadas”. Meus interlocutores são tanto aquelas pessoas que ficaram nas ilhas e vivenciam as dinâmicas migratórias a partir do local quanto aqueles emigrantes que retornam à terra e à casa, seja periódica ou definitivamente. É, portanto, nesse universo entre o ir, o voltar e o ficar que se assentam minhas reflexões.

In: Lusotopie

Abstract

This article focuses on the case study of an ethnically and culturally mixed Eurasian Macanese community through their phenomenological experience of identity ambivalence. Our thematic framework includes the structural impact of colonial and postcolonial political regimes in Macao, historical influences on contemporary identity and sociocultural expressions of creolisation. It is argued that the Macanese people illustrate the memory of the ambivalent encounter between the two extremities of the Eurasia (China and Portugal) which started in the 16th-c. and never ceased moving forces to the present day. Furthermore, in the context of fieldwork with the Macanese community in Portugal, an ethnographic approach helps reveal the ambivalent dynamics of similarities and differentiation with respect to food practices and commensality as expressed over dinner by a group of close friends in Lisbon.

In: Lusotopie

Résumé

Série télévisée portugaise diffusée en prime time sur RTP 1 courant 2013, Depois do Adeus porte à l’écran des évènements qui jusque-là ont été peu abordés dans la culture populaire. Deux trames narratives souvent traitées séparément y sont superposées : celle du retorno des portugais blancs des anciennes colonies et celle de la radicalisation du PREC. Il s’agira de montrer comment la série construit un “roman national” autour du phantasme du double pouvoir et de l’idée que les retornados ont été les acteurs de la pacification et de la reprise économique du pays.

In: Lusotopie
In: Lusotopie
Author: Lorenzo Macagno

Abstract

This paper addresses a specific aspect of the social and cultural life of the Luso-Chinese in Mozambique, whose first contingents came from the Chinese province of Guangdong in the second half of the 19th century. Most settled in the city of Beira. By the 1950s, the Chinese community was already well integrated into modern life in colonial Beira. The city was going through an unprecedented urban and architectural boom. At that time, the Luso-Chinese, who were essentially merchants, also began to stand out in the field of photography. Based on a multi-sited ethnography among the Portuguese-Chinese diaspora – and their family photo albums – this paper reflects on two inseparable aspects of late-colonial modernity: architecture and photography.

In: Lusotopie

Resumo

A história do Islão e dos muçulmanos no Portugal contemporâneo está indelevelmente marcada pelas dinâmicas coloniais, mas também por processos pós-coloniais. As próprias configurações institucionais do “Islão público” na sociedade portuguesa revelam esta importância e, simultaneamente, criaram as condições para uma hierarquização de determinadas vozes e projectos entre os muçulmanos.

Partindo de três pesquisas sustentadas em trabalho de campo etnográfico sobre a Associação Islâmica e Cultural da Margem Sul, que representa a congregação afecta a uma mesquita de inspiração sufi no concelho de Almada, a Noor Fatima, um projecto caritativo encabeçado por uma mulher muçulmana de origem indo-moçambicana, e o Centro Islâmico do Bangladesh (CIB), envolvido no projecto da construção da nova praça da Mouraria, o objectivo deste artigo é demonstrar, por um lado, que esta hierarquia se sustenta em discursos dominantes sobre o Islão, que sublinham uma clivagem entre “muçulmanos portugueses” e “outros muçulmanos”, e, por outro lado, que existem margens que contestam esses discursos, revelando interessantes (des)articulações entre mobilidades, dinâmicas coloniais e pós-imperiais, políticas de reconhecimento e a produção de alteridades.

In: Lusotopie
In: Lusotopie
Author: Ester Minga

Resumo

Este artigo discute a forma como os jornais portugueses Público e Expresso veicularam o fenómeno da recente emigração portuguesa para o Brasil. Com base nos métodos de análise crítica do discurso e análise de enquadramento, o artigo coloca em evidência, primeiramente, as representações sobre o Brasil e os emigrantes portugueses para este país. Seguidamente, demonstra como algumas dessas representações contemporâneas dialogam com algumas outras forjadas no século XIX, no momento do apogeu da emigração portuguesa para aquele território do continente americano, já após a sua independência de Portugal. Finalmente, o artigo elucida como uma certa leitura da identidade portuguesa foi mobilizada para caracterizar esses novos emigrantes.

In: Lusotopie
In: The Alchemical Actor